domingo, 19 de junho de 2011

Somos reflexo de nossos hábitos

Eu já fui magra, muito magra. Alguns de vocês sabem disso, né? Sempre fiz academia, dança, capoeira, caminhava, andava de bike. Tinha ótimos hábitos alimentares e era nova! Nunca pesei mais de 53 quilos até os 25 anos e meu maior peso até agora foi 78 quilos (em 2010). Fazem ideia disso? 

Então o que mudou em minha vida para isso acontecer?

-Não faço mais nenhum esporte, pois me sinto pensada e cansada depois do trabalho. Meus joelhos pioraram com o peso e logo fico com dores. Passo o dia sentada na frente do computador trabalhando. 
- Estou tentando, mas por diversos fatores, ainda não consegui ser totalmente fiél à alimentação saudável. Acabei adquirindo alguns hábitos como comer doces e muitos carboidratos.
- Hoje minha vida é muito mais movimentada socialmente do que na época da escola. Todos os compromissos, as festas, as jantinhas e os bares são quase sempre momento de muita comida e bebida. Antigamente a gente saia pra dançar pelo menos uma vez por semana, não comia nada na festa, chegava cansada em casa, dormia muito no dia seguinte e ia comer qualquer coisa a toa. 
- Nem vou falar sobre metabolismo, pois ele já mudou, 32 anos não são 18. Mas isso é inevitável, tem que saber lidar.

E olha o resultado dessa diferença de hábitos:


    Em 2009 mega gorda e nos anos 90 super magra.Vale a pena tentar voltar a ser eu mesma ou não? 

6 comentários:

  1. Oii Rê, muito legal esse teu bolg, já tinha visto ele a um tempo atras mas nunca tinha comentado..
    Nós mulheres estamos sempre em busca do corpo e peso ideal, e diga-se de passagem é muito complicado.
    Desde o início desse ano eu perdi uns 10 kg, não estou fazendo nenhuma atividade física e nem indo a nutricionista algum, apenas deixei de comer alguns tipos de "lanches" que eu comia antes parei com a quantidade exagerada de doce que eu comia, e uma grande aliada a nosso mente..
    Vou te falar que isso funciona mesmo ;)
    Um beijão e boa sorte!

    ResponderExcluir
  2. Renata, o que nos faz "nós mesmas" não é o nosso peso, mas sim o nosso coração. Sei que esta questão nos estressa muito porém não é o mais importante da vida. Aprendi que o que vale a pena mesmo são as relações que construímos, sejam elas de amor ou amizade. As pessoas que gostam mesmo da gente não avaliam as nossas medidas mas sim os nossos valores... Você é linda de qualquer jeito!!! Beijo ;)
    Gilmara Pezzi.

    ResponderExcluir
  3. Rê,
    vale a pena certo, mas sabendo que nunca teremos o corpo de 18 anos de novo!
    Acho que aprender a ter uma vida mais saudável, fazer exercícios, se cuidar mesmo, é ótimo pro corpo e mente (que piegas, mas é verdade). Não pode ser uma mudança de uma hora pra outra.. tem que ser aos poucos pra esta mudança ir "te transformando" sem que seja uma mudança radical.

    No início tudo é difícil... beber aquela quantidade de água todo dia, não comer tanta porcaria, não comer tanto carboidrato.. nem criar a rotina de fazer exercícios.. tem que ter persistência.

    Mas vale a pena.. pq as roupas começam a ficar melhor, a gente vai ficando melhor nas fotos e dai pra frente é só festa! hehehehehe

    Bjos e PERSISTÊNCIA!

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Conheci seu blog ha pouco e volta e meia faço uma visitinha. Hoje decidi comentar pois como inspiração também criei um blog a fim de contar dessa luta pelo emagrecimento. Adoraria receber sua visita no meu cantinho..que por sinal linkarei voce para nao perde-la de vista
    Beijinhos
    http://meuemagrecimentoreal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Que legal...adorei! Estive lá! Juntas venceremos...

    ResponderExcluir
  6. vamos lá Rê, tô contigo nessa! tbm quero de volta meu corpinho dos anos noventa!!! força amiga! embora o marido boicotador de dieta esteja sempre de plantão, eu vou conseguir! nós vamos!!!!

    bjks
    Raquel leal zounar

    ResponderExcluir